• Infiniti Cidadania

Como solicitar seu reconhecimento da cidadania italiana no consulado

Atualizado: Abr 19


Boa parte das pessoas acabam por não conhecer, mas a ação judicial de solicitação de cidadania pode ser bastante longo!

Portanto, o conhecimento de como solicitar a cidadania italiana deve incluir o conhecimento de todos os procedimentos e documentação necessários!

Procurar o máximo de informações possível, assim, você será capaz de evitar sérias dores de cabeça quando o processo é avançado e até mesmo problemas de consulados.

Sem dúvida, o processo de obtenção da cidadania italiana pode levar muito tempo e até exigir uma grande dose de paciência do solicitante, mas nada que não o impeça de ter sucesso!

No entanto, o sucesso só pode ser apreciado com a aceitação de certas preocupações e detalhes!

Para ajudá-lo nesse esforço, durante este artigo, você terá a oportunidade de aprender um pouco mais sobre como obter a cidadania italiana aqui no Brasil e mesmo diretamente na Itália, se for o seu caso

No decorrer deste conteúdo, todas as fases e documentos necessários serão classificados e você estará mais preparado para lidar com cada etapa necessária.

A Fila dos consulados italianos para reconhecimento da cidadania italiana


Não existe uma razão clara para que alguns consulados têm filas tão longas, enquanto outros (como o Rio de Janeiro) têm filas rápidas.

No entanto, se você deseja reconhecer sua cidadania italiana no Brasil, consulte o site do consulado instruído para saber sua localização e verifique o tempo de espera. Dessa forma, você pode planejar e solicitar uma posição melhor na fila e preencher todas as formalidades necessárias.

Reconhecer a cidadania na Itália

Tenha em mente caso você deseje lidar com o processo na Itália, precisará morar na Itália por um período de tempo.

Portanto, considere os custos de viagem, as recomendações (se você não quiser fazer isso por si mesmo), a disponibilidade de viagens internacionais etc.

Quem tem direito a cidadania italiana?


A Itália é reconhecida como um dos países europeus com o conceito de direito de sangue (ou jus sanguini).

Isso significa que brasileiros de ascendência italiana podem solicitar dupla cidadania, independentemente de serem filhos italianos, netos, bisnetos ou até bisnetos.

O primeiro passo é determinar se você tem um ancestral nascido na Itália. Isso pode ser feito configurando sua árvore genealógica.

Não há limite de idade para se candidatar à dupla cidadania na Itália, mas existem algumas questões relacionadas a gênero, as quais serão destacadas abaixo:

• Antepassados ​​italianos do sexo masculino podem solicitar a cidadania a qualquer momento,

• É necessário que os antepassados ​​italianos tenham filhos nascidos após 1948 (de acordo com a lei italiana, somente após essa data as mulheres adquirem o direito de transferir a cidadania para seus filhos) para solicitar a cidadania,

• No caso de casamentos de mulheres com descendentes italianos, promove o direito à cidadania italiana,

• Casamentos entre homens e mulheres de origem italiana não promovem o direito à dupla cidadania, apenas para os filhos do casal que terão direito ao reconhecimento,

• Filhos nascidos em relacionamentos extraconjugais, reconhecimento de paternidade ou maternidade ou adoção de italianos têm direito à dupla cidadania,

• Não há obstáculos para que os filhos de brasileiros naturalizados italianos tenham cidadania italiana, desde que a naturalização brasileira tenha ocorrido após o nascimento dos filhos.

No ano de 2016, o casamento entre pessoas do mesmo sexo agora é permitido na Itália, que também dá direito a casais a ter a cidadania italiana.

Onde requerer a cidadania italiana?

Você pode participar do processo de cidadania italiana no Brasil ou na Itália da seguinte maneira.

No Brasil

O candidato deve primeiro entrar na fila do consulado que atende sua região! Durante essa expectativa, você deve aguardar a conexão com o consulado e organizar os documentos do processo de cidadania!

Quando o consulado liga para o solicitante, é importante que todos os documentos já possuam todas as traduções necessárias e sejam prestados.

Lembre-se também de que essa documentação deve ser incluída no cartório.

Portanto, aproveite a longa espera para organizar tudo e verifique se você não tem problemas mais tarde

Após a entrega, os documentos devem ser avaliados pelo consulado.

Depois de uma avaliação completa, o solicitante será informado da aprovação ou de quaisquer erros que precisem ser corrigidos o mais rápido possível.

Esta é uma etapa que requer muita cautela, porque todo o processo pode ser atrasado significativamente se o consulado detectar inconsistências nos documentos.

Depois da